Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Português: Homônimos e Parônimos.

HOMÔNIMOS: Se dividem em: Homógrafos e Homófonos.

HOMÔNIMOS HOMÓGRAFOS: mesma grafia, ou seja, mesma escrita, mas diferente na pronúncia.
Exemplos:
colher (verbo) - colher (subsntantivo)
molho (verbo) - molho (substantivo)
jogo (verbo) - jogo (substantivo)
começo (verbo) - começo (substantivo)

HOMÔNIMOS HOMÓFONOS: mesma pronúncia, grafia diferente.
Exemplos: 
cozer (cozinhar) - coser (costurar)
espectador (assistir algo)- expectador (expectativa)
serrar (cortar com uma serra)- cerrar (fechar, encerrar)
externo (fora) - esterno (osso achatado localizado no tórax dos vertebrados)
cela (pequeno compartimento, cadeia) - sela (assento para cavalgar)

PARÔNIMOS: Palavras que apresentam semelhança na pronúncia e na escrita.
Exemplos:
flagrante (evidência) - fragrante (perfumado)
comprimento (extensão) - cumprimento (saudação)
arrear (pôr arreios) - arriar (colocar no chão) 
mandado (ordem judicial) - mandato (procuração)


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Matemática: PROPORÇÃO.

Proporção é uma igualdade entre duas razões.

a = c    ou a : b = c : d
b    d

onde: 

a, b, c, d = termos da proporção

a, d = extremos

b, c = meios

CÁLCULO:

Produto dos meios é igual ao produto dos extremos, ou seja, 
a . d = b . c, ou ainda, multiplique cruzado.

EXEMPLOS:

a) 6 : 9 = 12 : 18 -> 6 . 18 = 9 . 12 -> 108 = 108 
Logo, é uma proporção.

b) 1 : 4 = 3: 5 -> 1 . 5 = 4 . 3 -> 5 = 12 ???? - Não.
Logo, NÃO É uma proporção.

c) 6 : 24 = 5 : x -> 6x = 5 . 24 -> 6x = 120 -> x = 120:6 -> x=20
 

Matemática: RAZÃO.

RAZÃO nada mais é do que uma divisão. É o quociente dos números que expressam as suas medidas tomadas na mesma unidade. 

a : b, onde b tem que ser diferente de zero.

A razão pode ser representada de forma fracionária, decimal ou percentual.

Algumas razões:

Escala

e =  comprimento do desenho : comprimento real.

Densidade de um corpo:

d = m : v , onde d = densidade, m = massa, v = volume

Densidade demográfica:

dm =  nº de habitantes : área

Velocidade Média:

vm = s : t , onde vm = velocidade média, s = espaço, t = tempo.

O assunto velocidade média, tempo e espaço também é estudada na disciplina de Física.  

Exemplos:

1) Num concurso público 300 candidatos disputam 60 vagas, qual a razão que corresponde a relação candidato x vaga.

R: 300 : 60 = 5, ou seja, para cada uma vaga há disputa entre 5 candidatos. 

2) Um carro percorreu uma distância de 240 km em 5 horas. Qual foi a sua velocidade média?

R: 
vm = s : t
vm = 240 : 5
vm = 48 km/h
 

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

250 MIL ACESSOS

O blog TMN - Aulas de Reforço atingiu a marca de 250.000 acessos (um quarto de um milhão de acessos). 
Gostaria de agradecer todos os internautas brasileiros e também os do exterior (Estados Unidos, Rússia, Portugal, Alemanha, Índia, Angola, China, Espanha, França, entre outros).
De todas as postagens, as que tiveram mais acessos foram:




Continuem acessando, comentando, tirando suas dúvidas dos conteúdos escolares.

sábado, 1 de outubro de 2016

História: Democracia e Ditadura.

Estamos na véspera de uma eleição. Vale a pena você saber as diferenças entre ditadura e democracia.

Ditadura: Você só tem deveres. Não se pode falar mal do governo, nem se opor em suas ideias. As pessoas que são contrárias ao governo são presas, exiladas ou mortas. Governo autoritário.

Democracia: Pode exercer sua cidadania, pois tem direitos e deveres. Pode escolher seus representantes. Governo do povo.

Matemática: Expressões Literais e Valor numérico.

A partir do século XVI, os matemáticos iniciaram a prática de representar os números por meio de letras. Dessa forma:
 -  a adição de a com b pode ser representado a + b.
 - a subtração de a com b pode ser representado por a - b.
 - a multiplicação de a com b pode ser representado por a . b ou ab. 
 - a divisão de a por b, com b sempre diferente de zero, pode ser representado por a : b ou sob forma de fração a / b.

Exemplo: o quadrado de um número.

Você pode escolher qualquer letra do alfabeto para representar esse número. Assim: escolhi a letra x, então vai ficar x². Se por um acaso, a questão já der a letra, aí você coloca a letra que foi pedida.

Vamos praticar?

Indique:

a) o cubo de um número real y.
b) a raiz quadrada do número real a.
c) a quinta potência do número real b.
d) o dobro do número real y.
e) a sétima parte do número real m.
f) produto da soma pela diferença de dois números qualquer.

EXPRESSÃO LITERAL OU ALGÉBRICA: expressão que aparecem letras. Exemplo: 2x + 2y.

VALOR NUMÉRICO:

Determine o valor numérico da expressão 

mn - m²,  quando m = 1,1 e n = 0,8.

Resolvendo:

mn - m² = 
1,1 . 0,8 - (1,1)² = 
0,88 - 1,21 = 
- 0,33.

Este conteúdo abrange matérias aprendidas anteriormente, como números inteiros, números racionais (frações), raiz quadrada, etc.

Matemática: Equações do 1º grau.

A matéria de equações do 1º grau já foi postada anteriormente. 
Reveja no link: 

Hoje, vamos relembrar alguns conceitos e ver outros modelos de resolução. 

Equação é toda sentença aberta expressa por uma igualdade.

Toda expressão que vem antes do = é chamada de 1º membro.
Toda expressão que vem depois do = é chamada de 2º membro.

Outros modelos de equações do 1º grau:

 - Sempre quando mudar de membro, muda de sinal, ou seja, operação inversa. 
 - O resultado da equação pode ser número inteiro, racional ou decimal. 


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Matemática: Vamos relembrar?

Você que vem acompanhando o blog TMN Aulas de Reforço, percebeu que já foram postadas muitos conteúdos de Matemática. Você está conseguindo acompanhar os estudos nesta disciplina? Sim? Não? Vamos relembrar algumas coisinhas.

Relembrando a escrita por extenso de alguns numerais:
5 - cinco
6 - seis
7 - sete
10 - dez
12 - doze
14 - catorze ou quatorze
15 - quinze
16 - dezesseis
17 - dezessete
50 - cinquenta
60 - sessenta
100 - cem
500 - quinhentos
600 - seiscentos

Números pares: todo número terminado em 0, 2, 4, 6 ou 8.
Números ímpares: todo número terminado em 1, 3, 5, 7 ou 9. 
Antecessor: número que vem antes.
Sucessor: número que vem depois.

Dúzia: são 12 unidades.
Dezena: são 10 unidades.
Centena: são 100 unidades ou 10 dezenas.

Dobro: multiplicar um número por 2. Exemplo: o dobro de 250 é 500, pois 250 x 2 = 500.

Triplo: multiplicar um número por 3. Exemplo: o triplo de 250 é 750, pois 250 x 3 - 750.

Quádruplo: multiplicar um número por 4. Exemplo: o quádruplo de 250 é 1.000, pois 250 x 4 = 1.000

Metade: dividir um número por 2. Exemplo: a metade de 250 é 125, pois 250 : 2 = 125.

Terça-parte: dividir um número por 3. Exemplo: a terça-parte de 300 é 100, pois 300 : 3 = 100.

Divisibilidade:

Um número é divisível por 2 quando for par.

Um número é divisível por 3 quando a soma de seus algarismos tiver na tabuada de 3. 

Um número é divisível por 5 quando termina em 0 ou 5.

Um número é divisível por 6 quando for divisível por 2 e por 3 ao mesmo tempo.

Um número é divisível por 10 quanto terminar em zero.

Potenciação:

Elevado ao quadrado: um número elevado a dois. Exemplo: 4² = 4 x 4 = 16.

Elevado ao cubo: um número elevado a três. Exemplo: 5³ = 5 x 5 x 5 = 125.

Todo número elevado a 1 é igual a ele mesmo. Exemplo: 6¹ = 6.
Todo número elevado a zero dá 1. Exemplo: 27º = 1

Fração: é parte de um todo. Exemplo: cinco oitavos =  5/8.

Cálculo de áreas (Fórmulas):

Triângulo: b x h
                      2
Quadrado: l x l

Retângulo: b x h

Trapézio: (B + b) . h
                         2

11 de agosto - Dia do Estudante

Parabéns a todos os estudantes pelo seu dia.

É a dedicação de vocês que nos motivar a querer aprender mais para ensiná-los.

:)
 


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Literatura Brasileira: Arcadismo.

O arcadismo é o contrário do barroco. Começou no Brasil e 1768 e foi até 1836.
É um tipo de literatura que não tem exageros e retratava a natureza de modo direto. Outra característica era o bucolismo, que era a exaltação da vida no campo, idealizada como tranquila e feliz. Enfatizavam a importância dos sentimentos e da clareza de ideias.
A poesia deveria ter seu cume na verdade e ser verossímil, ou seja, algo possível e mais próximo da realidade. 
Se voltavam para a virtude e obediência as leis da natureza e acreditavam que o amadurecimento cultural indicava a felicidade humana. 

Alguns autores

Cláudio Manuel da Costa: Cursou Direito. Sua obra é composta por poesia lírica e épica. Autor do poema Vila Rica, que narra a fundação da cidade.
Tomás Antônio Gonzaga: Graduado em Direito. Em suas poesias cada estrofe tinha um refrão (liras). Autor de Marília de Dirceu e Cartas chilenas.
Basílio da Gama: Fazia críticas aos jesuítas. No poema O Uraguai, fez composto decassílabos brancos (versos de dez sílabas sem rimas).
José de Santa Rita Durão: Frei e professor. Possuía uma visão do indígena enquadrada nos moldes dos jesuítas. Autora do poema Caramuru.
José de Alvarenga Peixoto: Juiz, fazendeiro e minerador. Seus poemas se percebe a importância dada a ilustração e o gosto por um governo forte e progressista.
Manoel Inácio da Silva Alvarenga: Escreveu poesias líricas marcada pela leveza e musicalidade.
Antônio Pereira de Souza Caldas: Padre. Escreveu poemas profanos e sagrados. Traduziu salmos de Davi.
José Bonifácio de Andrada e Silva: Enfatizou a importância da virtude, do desprezo pela vida e pelos prazeres passageiros.
Francisco do Monte Alverne: Frei, pregador e professor de filosofia. Divulgou o ecletismo espiritualista e demonstrava patriotismo. Valorizou as emoções, não desprezando a razão.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Literatura Brasileira: Barroco.

Início: com a publicação do poema Prosopopeia, de Bento Teixeira, em 1601.
Término: em 1768 com a publicação de Obras Poéticas, de Cláudio Manuel da Costa.

Características: Contradição, tendências do cultismo e do conceptismo.

Academias:
Bahia: Academia Brasileira dos Esquecidos e Academia dos Renascidos;
Rio de Janeiro: Academia dos Felizes e Academia dos Seletos;

Autores:

Bento Teixeira (1561 - 1600): buscava elevar os feitos dos herois portugueses nas terras brasileiras e africanas.

Gregório de Matos (1636 - 1696): foi perseguido por causa de suas sátiras. Escreveu poesias sacras, líricas e satíricas. 

Padre Antônio Vieira (1608 - 1697): escreveu Os sermões, História do Futuro, etc.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Literatura Brasileira: Quinhentismo

O nosso Quinhentismo é considerado o marco inicial da Literatura Brasileira. O Quinhentismo inicia-se em 1500 com a carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão da frota de Pedro Alvares Cabral.
Podemos dividir as obras desse período entre:

Literatura informativa, da qual fazem parte os textos sobre o Brasil, transmitindo ao europeu informações da terra e da gente que aqui vivia (os índios).
Exemplos:
 - Carta de Pero Vaz de Caminha;
 - O Diário de Navegação de Pero Lopes e Sousa (Martim Afonso de Sousa);
 - Diálogo sobre a conversão dos gentios (Padre Manuel de Nóbrega)

Alguns autores:
PERO DE MAGALHÃES GÂNDAVO: professor, falava do clima e dos bens do Brasil Colônia. Escreveu o Tratado da Terra do Brasil.
GABRIEL SOARES DE SOUSA (1540-1592): descreve a natureza e sobre os índios. Escreveu O tratado descritivo do Brasil (1587).

Literatura jesuítica: reunindo os escritos dos jesuítas envolvidos com a catequese.
Exemplo: as poesias de José de Anchieta.

Vários autores escreveram os dois tipos de literatura do quinhentismo.
Alguns autores:
PADRE MANUEL DE NÓBREGA (1517-1570): Se dedicou a catequese dos índios e colonos portugueses.
JOSÉ DE ANCHIETA (1534-1597): Escreveu crônicas, correspondências, sermões e poesias em diversos idiomas.

sábado, 28 de maio de 2016

CURIOSIDADE: Como a aranha faz a teia?

Primeiro passo: ela solta um fio no ar e espera que fique preso em algum lugar, para que seja usado como uma ponte.
Andando nessa ponte, ela vai colocando outros fios, que são amarrados em um ponto central. Esses fios são os raios da teia.
Em cada raio é grudado um outro fio, que é cheio de pequenas gotas de uma espécie de cola produzida pelo aracnídeo, que é onde os insetos ficam presos.

domingo, 8 de maio de 2016

CIÊNCIAS: PLANTAS CARNÍVORAS

A MAIOR PARTE DAS PLANTAS CARNÍVORAS VIVE EM LUGARES ÚMIDOS OU ALAGADOS, COMO O BREJO E O PÂNTANO, POIS SÃO LOCAIS DE SOLO POBRE.
ELAS COMEM ANIMAIS (PEQUENOS INSETOS, COMO BESOURO E MOSQUITO) PARA OBTEREM PROTEÍNAS. PODEM SER ENCONTRADAS NAS REGIÕES SUL E SUDESTE DO BRASIL, COMO A SERRA DO MAR E TAMBÉM NO CERRADO, NA REGIÃO CENTRO-OESTE.

CIÊNCIAS: A LUZ DO VAGA-LUME

OS VAGA-LUMES USAM A LUZ PARA AFASTAR PREDADORES, ATRAIR PRESAS E ATRAIR SEXO OPOSTO PARA REPRODUÇÃO. ESSA LUZ É PRODUZIDA POR UMA REAÇÃO QUÍMICA QUE É FEITA NOS FOTÓCITOS (CÉLULAS QUE EMITEM LUZ) E É UMA REAÇÃO ENTRE QUATRO ELEMENTOS: ENZIMA CATALISADORA, ENERGIA DE ALGUMAS MOLÉCULAS, LUCIFERINA (COMBUSTÍVEL) E OXIGÊNIO. É RESPONSÁVEL PELA LIBERAÇÃO DE ENERGIA NA FORMA DE LUZ. VIVEM EM GRUPOS NUMEROSOS EM RIOS E ÁRVORES.

sábado, 7 de maio de 2016

MATEMÁTICA: NÚMEROS RACIONAIS

EM POSTAGENS ANTERIORES PUBLIQUEI CONTEÚDOS RELACIONADOS AS FRAÇÕES.
OS NÚMEROS RACIONAIS SÃO OS NÚMEROS QUE PODEM SER ESCRITOS SOB FORMA DE FRAÇÃO.
VIMOS AS OPERAÇÕES COM FRAÇÕES.

PARA VOCÊ QUE VEM ACOMPANHANDO AS PUBLICAÇÕES DE MATEMÁTICA AQUI NO BLOG TMN - AULAS DE REFORÇO, NESTE NÍVEL DE CONHECIMENTO, DEVERÁ SABER FAZER ESSAS OPERAÇÕES, SÓ QUE, AGORA, COM O ESTUDO DOS SINAIS, SEGUINDO OS MESMOS PROCEDIMENTOS DAS OPERAÇÕES ADIÇÃO, SUBTRAÇÃO, MULTIPLICAÇÃO, DIVISÃO, POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO QUE ESTUDAMOS ANTERIORMENTE.

PARA RELEMBRAR COMO SE FAZ ESSAS OPERAÇÕES, CLIQUE NOS LINKS A SEGUIR:





sexta-feira, 22 de abril de 2016

MATEMÁTICA: POTENCIAÇÃO DE NÚMEROS INTEIROS.

SEGUE AS MESMAS REGRAS DA POTENCIAÇÃO DE NÚMEROS NATURAIS. EM SEGUIDA, ESTUDE OS SINAIS, SE NECESSÁRIO. VALE LEMBRAR QUE SINAIS IGUAIS É SEMPRE MAIS E SINAIS DIFERENTES SEMPRE MENOS.

EXEMPLOS:

a) (-2)² = (-2) . (-2) = +4. 
POIS 2 . 2 É IGUAL A 4 E MENOS COM MENOS É IGUAL A MAIS, PORTANTO +4.

b) (-2)³ = (-2) . (-2) . (-2) = -8. 
POIS 2 . 2 . 2 = 8. MENOS COM MENOS = MAIS. E MAIS COM MENOS = MENOS.

c) (-10)¹ = -10. TODO NÚMERO ELEVADO A UM É IGUAL A ELE MESMO.

MATEMÁTICA: MULTIPLICAÇÃO E DIVISÃO DE Nº INTEIROS

PARA MULTIPLICARMOS DOIS OU MAIS NÚMEROS INTEIROS, RESOLVEMOS NORMALMENTE A CONTA DE VEZES E DEPOIS FAZEMOS O ESTUDO DOS SINAIS.

EXEMPLOS:

a) (+8) . (+6) =  + 48. VOCÊ MULTIPLICA 8. 6 QUE É IGUAL A 48 E DEPOIS ESTUDA O SINAL. MAIS COM MAIS = +.

b) (-3) . (+7) = - 21. VOCÊ MULTIPLICA 3. 7 QUE É IGUAL A 21 E DEPOIS ESTUDA O SINAL. MENOS COM MAIS = MENOS.

c) (+5) . (-4) . (+3) = - 60. VOCÊ MULTIPLICA 5 .4 .3 = 60 E ESTUDA OS SINAIS. MAIS COM MENOS = MENOS. E MENOS COM MAIS = MENOS.

NA DIVISÃO, VOCÊ PRIMEIRO DIVIDI E DEPOIS ESTUDE O SINAL.

EXEMPLO:

a) (-81) : (-9) = +9. VOCÊ DIVIDE 81 POR 9, QUE É IGUAL A 9. E, EM SEGUIDA, ESTUDE OS SINAIS. MENOS COM MENOS = MAIS.

quarta-feira, 9 de março de 2016

SE INTERESSE EM CONHECER OUTROS ASSUNTOS.

NESTA POSTAGEM, NÃO IREI POSTAR CONTEÚDO ESCOLAR, MAS SIM UMA DICA.
NA MAIORIA DAS ESCOLAS DO ENSINO PÚBLICO DO NOSSO BRASIL, NÃO SE ENSINA TODO O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO.
COMO DICA, SUGIRO QUE VOCÊS SE INTERESSEM EM LER OUTROS ASSUNTOS, SE INTERESSEM EM ESTUDAR ASSUNTOS QUE NÃO VIRAM NOS COLÉGIOS OU ASSUNTOS QUE VOCÊS GOSTAM. OS LIVROS E A INTERNET (SITES CONFIÁVEIS) ESTÃO AI PARA TE DAR O SUPORTE NECESSÁRIO. 
MANTER-SE INFORMADO SOBRE TEMAS DA ATUALIDADE É SEMPRE BOM. INCLUSIVE, ATUALIDADES COSTUMA CAIR EM PROVAS DE CONCURSOS E VESTIBULARES. 
FICA A DICA. EU SOU EXPERIÊNCIA VIVA DISSO. AJUDA A VOCÊ AMPLIAR SUA VISÃO DE MUNDO.

SE VOCÊ TAMBÉM TEM UMA DICA BACANA, DEIXE SEU REGISTRO NOS COMENTÁRIOS. 

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

BLOG TMN - AULAS DE REFORÇO - 150.000 ACESSOS

HOJE O BLOG TMN - AULAS DE REFORÇO ATINGIU A MARCA DE 150.000 ACESSOS.
MUITO OBRIGADO!!!
CONTINUEM ACESSANDO, COMENTANDO E TIRANDO SUAS DÚVIDAS.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

GEOGRAFIA: BRASIL: ESTADOS, SIGLAS E CAPITAIS

O BRASIL POSSUI 26 ESTADOS E UM DISTRITO FEDERAL.

REGIÃO SUDESTE (4 ESTADOS)

ESTADO: RIO DE JANEIRO / SIGLA: RJ / CAPITAL: RIO DE JANEIRO

ESTADO: SÃO PAULO / SIGLA: SP / CAPITAL: SÃO PAULO

ESTADO: MINAS GERAIS / SIGLA: MG / CAPITAL: BELO HORIZONTE

ESTADO: ESPÍRITO SANTO / SIGLA: ES / CAPITAL: VITÓRIA

REGIÃO SUL (3 ESTADOS)

ESTADO: PARANÁ / SIGLA: PR / CAPITAL: CURITIBA

ESTADO: SANTA CATARINA / SIGLA: SC / CAPITAL: FLORIANÓPOLIS

ESTADO: RIO GRANDE DO SUL / SIGLA: RS / CAPITAL: PORTO ALEGRE

REGIÃO CENTRO-OESTE (3 ESTADOS)

ESTADO: MATO GROSSO / SIGLA: MT / CAPITAL: CUIABÁ

ESTADO: MATO GROSSO DO SUL / SIGLA: MS / CAPITAL: CAMPO GRANDE

ESTADO: GOIÁS / SIGLA: GO / CAPITAL: GOIÂNIA

REGIÃO NORTE (7 ESTADOS)

ESTADO: AMAZONAS / SIGLA: AM / CAPITAL: MANAUS

ESTADO: ACRE / SIGLA: AC / CAPITAL: RIO BRANCO

ESTADO: RONDÔNIA /SIGLA: RO / CAPITAL: PORTO VELHO

ESTADO: RORAIMA / SIGLA: RR / CAPITAL: BOA VISTA

ESTADO: PARÁ / SIGLA: PA / CAPITAL: BELÉM

ESTADO: AMAPÁ / SIGLA: AP / CAPITAL: MACAPÁ

ESTADO: TOCANTINS / SIGLA: TO / CAPITAL: PALMAS

REGIÃO NORDESTE (9 ESTADOS)

ESTADO: MARANHÃO / SIGLA: MA / CAPITAL: SÃO LUIS

ESTADO: CEARÁ / SIGLA: CE / CAPITAL: FORTALEZA

ESTADO: PIAUÍ / SIGLA: PI / CAPITAL: TERESINA

ESTADO: RIO GRANDE DO NORTE / SIGLA: RN / CAPITAL: NATAL

ESTADO: PARAÍBA / SIGLA: PB / CAPITAL: JOÃO PESSOA

ESTADO: PERNAMBUCO / SIGLA: PE /  CAPITAL: RECIFE

ESTADO: ALAGOAS /SIGLA: AL /  CAPITAL: MACEIÓ

ESTADO: SERGIPE / SIGLA: SE / CAPITAL: ARACAJU

ESTADO: BAHIA / SIGLA: BA / CAPITAL: SALVADOR

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

GEOGRAFIA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO BRASIL

BRASIL

O BRASIL PERTENCE A AMÉRICA DO SUL E BANHADO NA PARTE LESTE PELO OCEANO ATLÂNTICO. É O 5º MAIOR PAÍS DO MUNDO.

POSSUI 27 UF (UNIDADES FEDERATIVAS), SENDO 26 ESTADOS E UM DISTRITO FEDERAL. CAPITAL: BRASÍLIA. 

OS PAÍSES QUE FAZEM FRONTEIRA COM O BRASIL SÃO: GUIANA FRANCESA, SURINAMME, GUIANA, VENEZUELA, COLÔMBIA, BOLÍVIA, PERU, PARAGUAI, URUGUAI E ARGENTINA.

OS PAÍSES QUE NÃO FAZEM FRONTEIRA COM O BRASIL SÃO CHILE E EQUADOR.

POSSUI 5 REGIÕES ADMINISTRATIVAS, SEGUNDO O IBGE (INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA), QUE SÃO: NORTE, NORDESTE, SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE.

POSSUI 3 REGIÕES GEOECONÔMICAS: AMAZÔNIA, NORDESTE E CENTRO-SUL.

O BRASIL POSSUI INFLUÊNCIAS CULTURAIS:
 - PORTUGUESES: SENDO A LÍNGUA PORTUGUESA A LÍNGUA OFICIAL DO BRASIL;
 - NEGROS AFRICANOS: SAMBA, CANDOMBLÉ, UMBANDA, FEIJOADA, CAPOEIRA;
 - INDÍGENAS: VÁRIAS PALAVRAS QUE FORAM ADERIDAS NA LÍNGUA PORTUGUESA; O USO DE REDES.

HIDROGRAFIA: PRINCIPAIS RIOS: RIO AMAZONAS, RIO SÃO FRANCISCO, RIO PARAÍBA DO SUL, RIO NEGRO, RIO SOLIMÕES.

VEGETAÇÃO: MATA ATLÂNTICA, MATA DOS COCAIS, CERRADO, CAATINGA, FLORESTA AMAZÔNICA, PANTANAL, CAMPOS, RESTINGA, MANGUEZAL.

MATEMÁTICA: PROPRIEDADES DA POTENCIAÇÃO

 - MULTIPLICAÇÃO DE POTÊNCIA DE MESMA BASE: REPETE A BASE E SOMA OS EXPOENTES.
Exemplo: 2² . 2¹ = 2³

 - DIVISÃO DE POTÊNCIA DE MESMA BASE: REPETE A BASE E DIMINUI OS EXPOENTES.
Exemplo: 2³ : 2² = 2¹

 - POTÊNCIA DE POTÊNCIA: REPETE A BASE E MULTIPLICA OS EXPOENTES.
Exemplo: (4¹)² = 4²

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

MATEMÁTICA: OPERAÇÕES COM NÚMEROS INTEIROS

PARA FAZER OPERAÇÕES COM NÚMEROS INTEIROS, DOU UMA DICA PARA USAR SEMPRE A CONTA COMO SE FOSSE DINHEIRO. 

POR EXEMPLO:

 - 2 + 5 = 

É COMO VOCÊ ESTIVESSE DEVENDO 2 REAIS PARA ALGUÉM E VOCÊ TEM 5 REAIS PARA PAGAR. O QUE VAI ACONTECER?
VOCÊ VAI FICAR COM 3 REAIS. OU + 3 OU AINDA 3.

- 2 + 5 = + 3. 

ESTUDO DOS SINAIS

+ COM  + = +
-  COM  - = +
+ COM  - = -
-  COM + = -

OU SEJA, SINAIS IGUAIS = + e SINAIS DIFERENTES = -.
 
ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE NÚMEROS INTEIROS

(+5) + (+2) = + 7.
(+5) + (- 2) = 5 - 2 = 3.
(- 1) + (+ 2) =  - 1 + 2 = 1 ou +1.
6 - 7 = -1
(-4) - (-6) = -4 + 6 = 2

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

MATEMÁTICA: NÚMEROS INTEIROS

OS NÚMEROS INTEIROS É REPRESENTADO PELA LETRA /Z.

OS NÚMEROS INTEIROS PODEM SER POSITIVOS OU NEGATIVOS.

NOS NÚMEROS INTEIROS POSITIVOS NÃO É NECESSÁRIO COLOCAR O SINAL DE +.
EXEMPLOS: 5 OU +5.

JÁ NOS NÚMEROS NEGATIVOS, É OBRIGATÓRIO O USO DO SINAL DE  MENOS.
EXEMPLO: -7, -10.

O NÚMERO ZERO É O ÚNICO QUE NÃO SE COLOCA SINAL NENHUM NA SUA FRENTE.

VIMOS EM POSTAGENS ANTERIORES, QUE OS NÚMEROS NATURAIS (|N) SÃO OS NÚMEROS POSITIVOS E O ZERO. LOGO, OS NÚMEROS NATURAIS PERTENCE AOS NÚMEROS INTEIROS. JÁ OS NÚMEROS INTEIROS NÃO PERTENCE AOS NÚMEROS NATURAIS POIS NOS NÚMEROS INTEIROS TAMBÉM TEM NÚMEROS NEGATIVOS E OS NÚMEROS NATURAIS SÓ SÃO NÚMEROS POSITIVOS E O ZERO.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

MATEMÁTICA: RELAÇÃO DE MEDIDAS

A MEDIDA DO VOLUME 1 DECÍMETRO CÚBICO É IGUAL A MEDIDA DE CAPACIDADE 1 LITRO QUE É IGUAL A MEDIDA DE MASSA 1 QUILOGRAMA.

VOLUME: 1 dm³
CAPACIDADE: 1 L
MASSA: 1 kg

1 dm³ = 1 L = 1 kg

MATEMÁTICA: MEDIDA DE MASSA

UNIDADE FUNDAMENTAL: GRAMA (g)

UNIDADES MAIORES:
QUILOGRAMA (kg)
HECTOGRAMA (hg)
DECAGRAMA (dag)

UNIDADES MENORES:
DECIGRAMA (dg)
CENTIGRAMA (cg)
MILIGRAMA (mg)

kg    hg    dag    g    dg    cg    mg

DA ESQUERDA PARA DIREITA MULTIPLIQUE POR 10.

DA DIREITA PARA ESQUERDA DIVIDA POR 10.

EXEMPLO:
TRANSFORME 3,8 kg EM g.

DE kg PARA g VOCÊ ANDA TRÊS CASAS, LOGO 3,8 kg = 3800 g.

MATEMÁTICA: MEDIDA DE CAPACIDADE

UNIDADE FUNDAMENTAL: LITRO (L)

UNIDADES MAIORES QUE LITRO:
QUILOLITRO (kl)
HECTOLITRO (hl)
DECALITRO (dal)

UNIDADES MENORES QUE LITRO:
DECILITRO (dl)
CENTILITRO (cl)
MILILITRO (ml)

kl    hl    dal    l    dl    cl    ml

1 kl = 1000 L
1 hl = 100 L
1 dal = 10 L

1 dl = 0,1 L
1 cl = 0,01 L
1 ml = 0,001 L

1L = 1000 ml

DA ESQUERDA PARA DIREITA MULTIPLIQUE POR 10 CADA UNIDADE.

DA DIREITA PARA ESQUERDA, DIVIDA POR 10 CADA UNIDADE.

EXEMPLO: TRANSFORME 25 L EM ml.

25 l = (25 x 1000) = 25000 ml

MATEMÁTICA: RACIOCÍNIO


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

MATEMÁTICA: MEDINDO O VOLUME

VOLUME DO PARALELEPÍPEDO RETÂNGULO

FÓRMULA: a x b x c

a = comprimento
b = largura
c = altura

UNIDADE FUNDAMENTAL: METRO CÚBICO (m³)

km³   hm³   dam³   m³   dm³   cm³   mm³

DA ESQUERDA PARA DIREITA MULTIPLICA POR 1000 CADA UNIDADE.

DA DIREITA PARA ESQUERDA DIVIDE POR 1000 CADA UNIDADE.

MATEMÁTICA: MEDIDA DE SUPERFÍCIE

UNIDADE FUNDAMENTAL: METRO QUADRADO (m²).

PARA MEDIR GRANDES SUPERFÍCIES:
 - QUILÔMETRO QUADRADO (km²)
 - HECTÔMETRO QUADRADO (hm²)
 - DECÂMETRO QUADRADO (dam²)

PARA MEDIR PEQUENAS SUPERFÍCIES:
 - DECÍMETRO QUADRADO (dm²)
 - CENTÍMETRO QUADRADO (cm²)
 - MILÍMETRO QUADRADO (mm²)

km²  hm²  dam²  m²  dm²  cm²  mm²

1 km² = 1000000 m²
1 hm² = 10000 m²
1 dam² = 100 m²

1 dm² = 0,01 m²
1 cm² = 0,0001 m²
1 mm² = 0,000001 m²

DA ESQUERDA PARA DIREITA, MULTIPLICA POR 100 CADA UNIDADE.

DA DIREITA PARA ESQUERDA, DIVIDI POR 100 CADA UNIDADE.

EXEMPLO:

TRANSFORME 0,3m² EM cm².

DE METROS PARA CENTÍMETROS VOCÊ ANDA DUAS UNIDADES.

0,3 m² = (0,3 x 10000) cm² = 3000 cm².

NAS MEDIDAS DE SUPERFÍCIE TAMBÉM TEMOS AS SEGUINTES UNIDADES:

HECTARE: 1 hectare (ha) = 10000 m²

ALQUEIRE: EM CADA ESTADO TEM MEDIDA DIFERENTE.
EXEMPLOS:
1 ALQUEIRE MINEIRO = 48400 m²
1 ALQUEIRE PAULISTA = 24200 m²

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

MATEMÁTICA: RACIOCINE


MATEMÁTICA: MEDIDAS DE COMPRIMENTO

É USADO PARA MEDIR DISTÂNCIAS.

UNIDADE FUNDAMENTAL: METRO (m)

UNIDADES MAIORES QUE O METRO:
DECÂMETRO (dam)
HECTÔMETRO (hm)
QUILÔMETRO (km)

UNIDADES MENORES QUE O METRO:
DECÍMETRO (dm)
CENTÍMETRO (cm)
MILÍMETRO (mm)

km - hm - dam - m - dm - cm - mm

1 dam = 10 m
1 hm = 100 m
1 km = 1000 m

1 dm = 0,1 m
1 cm = 0,01 m
1 mm = 0,001 m

DA ESQUERDA PARA DIREITA, CADA UNIDADE CONTÉM 10 VEZES A UNIDADE SEGUINTE.

DA DIREITA PARA ESQUERDA, CADA UNIDADE REPRESENTA 1 / 10 DA UNIDADE ANTERIOR.

EXEMPLO: 13 cm PARA metros.

13 cm = (13 : 100) m = 0,13 m.

OU SEJA, ANDOU DUAS CASAS DECIMAIS DA DIREITA PARA A ESQUERDA.

MATEMÁTICA: POTENCIAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS

SEGUE AS MESMAS REGRAS DE POTENCIAÇÃO QUE VIMOS EM POSTAGENS ANTERIORES, SÓ QUE AGORA SÃO COM NÚMEROS DECIMAIS.

(3,2)² = 3,2 X 3,2 = 10,24
(6,1)¹ = 6,1
(0,8)º = 1
(0,7)³ = 0,7 X 0,7 X 0,7 = 0,343

SIMPLES ASSIM!!!

TENTE FAZER:

CALCULE:

(0,6)³ = 
(1,3)² = 
(5,0)º = 
(3,98)¹ = 

QUAL É O NÚMERO x TAL QUE x = (0,6)² + (0,8)².

SE a = 4: (0,4)² E b = 0,4 x 4², COMPARE OS NÚMEROS a E b USANDO APENAS O SÍMBOLO >.

MATEMÁTICA: PORCENTAGEM

EM ALGUNS LIVROS VOCÊ PODE ENCONTRAR PERCENTAGEM EM VEZ DE PORCENTAGEM. MAS É A MESMA COISA.

PORCENTAGEM É TODA FRAÇÃO COM DENOMINADOR 100.

PORCENTAGEM = POR 100.

EXEMPLO: 32% = 32:100 = 0,32.

COMO SE CALCULA PORCENTAGEM?

EXEMPLO: 65% DE 380.

65% É A MESMA COISA QUE 65 DIVIDIDO POR 100.
ENTÃO VOCÊ VAI CALCULAR 380 : 100 X 65.
QUE É IGUAL A 3,8 X 65. RESULTADO: 247.


TENTE FAZER:

ESCREVA A REPRESENTAÇÃO DECIMAL DE CADA PORCENTAGEM: (o primeiro já está pronto)

A) 4% = 0,04
B) 15%
C) 59%
D) 130%

CALCULE: 51% DE 3340.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

MUITO OBRIGADO AOS INTERNAUTAS.

MUITO OBRIGADO AOS INTERNAUTAS QUE ACESSAM O BLOG TMN AULAS DE REFORÇO.
FICO LISONJEADO EM SABER QUE ESTOU CONTRIBUINDO PARA O ESTUDO DE VOCÊS.
COMO PEDAGOGO QUE SOU, NÃO PODIA DEIXAR DE CONTRIBUIR COM A QUALIDADE DO ENSINO. 
FIQUE A VONTADE PARA POSTAR SUA DÚVIDA OU COMENTÁRIO.
RUMO AOS 150 MIL ACESSOS.
ESPALHEM PRA GERAL.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

MATEMÁTICA: DIVISÃO DE NÚMEROS DECIMAIS

EXISTEM TRÊS MODOS DE FAZER.
VAMOS VER UMA DAS MANEIRAS NESTA POSTAGEM, QUE É A DIVISÃO DE NÚMEROS DECIMAIS POR 10, 100 E 1.000.

A) PARA DIVIDIR UM NÚMERO DECIMAL POR 10, BASTA ANDAR UMA VEZ COM A VÍRGULA PARA  A ESQUERDA.
EXEMPLO: 356,9 : 10 = 35,69.

B) PARA DIVIDIR UM NÚMERO DECIMAL POR 100, BASTA ANDAR DUAS VEZES COM A VÍRGULA PARA A ESQUERDA.
EXEMPLO: 356,9 : 100 = 3,569.

C) PARA DIVIDIR UM NÚMERO DECIMAL POR 1.000, BASTA ANDAR TRÊS VEZES COM A VÍRGULA PARA A ESQUERDA.
EXEMPLO: 356,9 ; 1000 = 0,3569

NA DIVISÃO POR 10, 100 OU 1.000, CASO NÃO TENHA MAIS NÚMEROS A ESQUERDA QUANDO VOCÊ ANDAR COM A VÍRGULA, ACRESCENTE COM O NÚMERO ZERO, COMO NO CASO DO ITEM C.

MATEMÁTICA: MULTIPLICAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS (CONTINUAÇÃO)


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

SÉRIE DE POSTAGENS: NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO (PARTE FINAL)

HÍFEN

8) O HÍFEN DEIXA DE SER USADO QUANDO O PREFIXO TERMINA EM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇA POR CONSOANTE DIFERENTE DE R OU S.
EXEMPLOS: AUTOPEÇA, SEMICÍRCULO, ULTRAMODERNO.

9) O PREFIXO VICE SEMPRE EXIGE HÍFEN.
EXEMPLO: VICE-ALMIRANTE

10) O EMPREGO DO HÍFEN É OBRIGATÓRIO COM OS PREFIXOS ex, sem, além, aquém, recém, pós, pré, pró.
EXEMPLOS: EX-ALUNO, SEM-TERRA, RECÉM-CASADO, PÓS-MODERNO.

11) O EMPREGO DO HÍFEN É OBRIGATÓRIO EM TERMOS DE ORIGEM TUPI-GUARANI (AÇU, GUAÇU E MIRIM) QUANDO A PRONÚNCIA EXIGE A DISTINÇÃO GRÁFICA DOS DOIS ELEMENTOS OU QUANDO O PRIMEIRO ELEMENTO ACABA EM VOGAL ACENTUADA GRAFICAMENTE.
EXEMPLOS: CAPIM-AÇU, CEARÁ-MIRIM.

12) É OBRIGATÓRIO PARA LIGAR DUAS OU MAIS PALAVRAS QUE OCASIONALMENTE FORMAM ENCADEAMENTOS VOCABULARES. EXEMPLO: PONTE RIO-NITEROI.

13) SE USA O HÍFEN NOS TOPÔNIMOS (NOMES PRÓPRIOS DE LUGARES) INICIADOS POR GRÃ, GRÃO.
EXEMPLOS: GRÃ-BRETANHA, GRÃO-PARÁ.

14) EMPREGA-SE HÍFEN EM NOMES DE ESPÉCIES BOTÂNICAS OU ZOOLÓGICAS.
EXEMPLO: COUVE-FLOR, BEM-TE-VI.

15) NÃO SE USA HÍFEN NAS LOCUÇÕES DE QUALQUER TIPO.
EXEMPLOS: FIM DE SEMANA, CÃO DE GUARDA, QUEM QUER QUE SEJA.

EXCEÇÕES
: ÁGUA-DE-COLÔNIA, ARCO-DA-VELHA, COR-DE-ROSA, MAIS-QUE-PERFEITO, PÉ-DE-MEIA, DEUS-DARÁ,  À QUEIMA-ROUPA.

16) SE USA HÍFEN QUANDO O SEGUNDO TERMO COMEÇA COM H.
EXEMPLO: ANTI-HIGIÊNICO

ATENÇÃO!!! COM OS PREFIXOS BI-, DES-, EX-, IN-, RE- NÃO SE USA O HÍFEN QUANDO O 2º ELEMENTO COMEÇAR COM H. A LETRA H SOME E HÁ AGLUTINAÇÃO DOS ELEMENTOS. 
EXEMPLOS: DESARMONIA, INÁBIL, REABILITAR

17) EM FUNÇÃO DA CLAREZA GRÁFICA, SE NO FINAL DA LINHA A DIVISÃO DE UMA PALAVRA OU COMBINAÇÃO DE PALAVRAS COINCIDIR COM O HÍFEN, ELE DEVE SER REPETIDO NA LINHA SEGUINTE.

EXEMPLO: José e Maria casaram-
                    -se em Veneza. 

BIBLIOGRAFIA:

 - TUFANO, Douglas. Guia Pratico da Nova Ortografia, São Paulo: Melhoramentos, 2008.

 -  Passaporte para a Nova Ortografia. São Paulo: Sistema Anglo de Ensino, 2008.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

SÉRIE DE POSTAGENS: NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO (PARTE 03)

HÍFEN

2) O HÍFEN É UTILIZADO EM PALAVRAS FORMADAS POR PREFIXOS TERMINADOS EM R E O SEGUNDO ELEMENTO FOR INICIADO COM A MESMA LETRA. NOS DEMAIS CASOS NÃO SE USA HÍFEN.
EXEMPLO: INTER-RACIAL.

3) O PREFIXO SUB EXIGE HÍFEN DIANTE DE PALAVRA INICIADA POR R.
EXEMPLO: SUB-REINO.

4) OS PREFIXOS circun E pan EXIGEM HÍFEN DIANTE DA PALAVRA INICIADA POR M, N E VOGAL.
EXEMPLOS: PAN-AMERICANO, CIRCUM-NAVEGAÇÃO.

5) OS PREFIXOS DISPENSAM O HÍFEN SE O SEGUNDO ELEMENTO SE INICIAR POR UMA VOGAL.
EXEMPLO: HIPERATIVO.

6) NÃO SE USA HÍFEN QUANDO O PRIMEIRO ELEMENTO TERMINAR COM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO SE INICIAR POR OUTRA VOGAL.
EXEMPLOS: AUTOAJUDA, SEMIABERTO.

7) USA-SE HÍFEN QUANDO O PRIMEIRO ELEMENTO TERMINAR COM VOGAL E O SEGUNDO ELEMENTO COMEÇAR COM A MESMA VOGAL.
EXEMPLOS: ANTI-INFLAMATÓRIO, MICRO-ONDAS.
EXCEÇÃO: NÃO SE USA HÍFEN QUANDO FOR O PREFIXO CO. EXEMPLO: COORDENAR.